19 -September -2018
Adicionar aos Favoritos

E agora “Geração à rasca”?

Foram muitos os portugueses, mais de 300.000, que saíram à rua para protestar. Eram jovens e menos jovens; homens e mulheres; desempregados, pensionistas e reformados; empregados e empregadores; republicanos e monárquicos; ambientalistas, nacionalistas, conservadores, liberais, socialistas, comunistas, extremistas e anarquistas; amas, amigos dos animais e artistas de diversas áreas, desde o teatro à canção e até da política. Com esses largos milhares de manifestantes estiveram provavelmente muitos mais que tiveram de ficar, por diversos motivos, na sua “Farmville”. Mas com certeza, solidários.

Continuar... E agora “Geração à rasca”?

Dia 12 de Março a “Geração à rasca” vai protestar. Porque será?

A situação actual em que o país está mergulhado, não augura nada de promissor para a nossa juventude, que se vê confrontada com uma crise, talvez a maior de sempre, em diversas áreas da educação ao emprego, que empurrou os nossos jovens, para um protesto sem precedentes. É já no próximo dia 12 de Março, que a “Geração à rasca”, vai protestar em diversas cidades espalhadas por todo o país.

Continuar... Dia 12 de Março a “Geração à rasca” vai protestar. Porque será?

Redes Sociais: uma partilha de saberes

As redes sociais na Internet são estruturas compostas por indivíduos ou organizações, que estão ligados entre si por diferentes tipos de relacionamento horizontal e não hierárquico e que partilham alguns interesses, valores e objectivos comuns. Estas redes não são apenas uma nova forma de estrutura, mas quase uma não estrutura, no sentido de que parte da sua força está na faculdade de se fazer e desfazer a qualquer momento.

Continuar... Redes Sociais: uma partilha de saberes

Uma solução para o desemprego: Trabalhar menos e receber menos?

O aumento da taxa de desemprego tem vindo a reflectir os avanços tecnológicos que têm destruído postos de trabalho mas também é reflexo da crise financeira e de políticas erradas. No último ano em Portugal, a taxa de desemprego aumentou mais de 50%; passou de 400.000 desempregados para quase 700.000. Portugal destruiu empregos ao dobro da velocidade da União Europeia e já ultrapassou a taxa de desemprego dos 11%. O mercado de trabalho tem vindo a degradar-se cada vez mais.

Continuar... Uma solução para o desemprego: Trabalhar menos e receber menos?

Mais uma lição de Cidadania da Freguesia do Muro

Uma força humana imparável, num desejo comum: a vinda do Metro à Trofa. Já assim tinha sucedido, há mais de doze anos, quando o poder político teve de se vergar perante a força da vontade popular para a Criação do Concelho da Trofa. Também nessa causa, os Murenses estiveram na vanguarda com de nodo, na exigência autonómica.

Continuar... Mais uma lição de Cidadania da Freguesia do Muro