22 -July -2018
Adicionar aos Favoritos

Concelho da Trofa: 13 anos a ver carneiros nas nuvens

 

A divisão administrativa do país teve poucas alterações no decorrer do último século. Só foram criados 12 novos Concelhos, desde o início do século passado: oito na Primeira República; só um no Estado Novo (Vendas Novas, em 1962); também só um, em duas décadas e meia de democracia, de 1974 a 1998 (Amadora, em 1979); três no decorrer do ano de 1998. Neste ano, profícuo na criação de novos municípios, foram criados: Vizela, em 19 de março; Odivelas e Trofa em 19 de novembro.

Continuar... Concelho da Trofa: 13 anos a ver carneiros nas nuvens

Ética, Política e geometria variável

 

A nossa vida é pautada por decisões e ações que adotamos, baseadas num padrão, num conjunto de valores, em princípios fundamentais de conceitos básicos daquilo que é considerado moralmente certo ou errado. É isso, a Ética; ciência descritiva, ciência normativa, que procura determinar a finalidade da vida humana, preconizando juízos de valor que permitem distinguir entre o bem e o mal. A crise política atual, sem fim à vista e sem precedentes, exige algumas reflexões sobre a problemática da Ética na Política.

Continuar... Ética, Política e geometria variável

“Está a chegar o Metro à Trofa”

Os problemas causados pela falta de transporte ferroviário, cujos serviços foram interrompidos em 2002 devido à construção do Metro de Superfície do Porto, têm sido muito penalizantes para as populações da Trofa. Quase uma década de sofrimento. Assim tem sido entendido por vários atores da governança central e local, que se têm manifestado no decorrer dos tempos.

Continuar... “Está a chegar o Metro à Trofa”

Estamos melhor que se estivéssemos pior

 

O Homem, que é um ser em evolução constante, tem vindo a afastar-se cada vez mais do objectivo central da sua existência, que é ser feliz. Os agentes causadores desse afastamento são muitos, a começar pelos decisores políticos, que de tempos a tempos o “brindam” com o anúncio de cortes no seu rendimento, retirando-lhe meios que proporcionam a qualidade de vida que merece.

Continuar... Estamos melhor que se estivéssemos pior

Juntas de Freguesia: repensar ou acabar?

 

O espaço territorial português está a necessitar, provavelmente, de uma nova redefinição dos seus limites e estruturas pois mantém-se quase inalterável, há quase dois séculos, nas suas fronteiras nacionais e regionais. A divisão administrativa contém situações anacrónicas como a existência de muitos Municípios com escassa população mas com poderes e meios financeiros significativos. Em contraste, a existência de muitas Freguesias, que chegam a ter dimensões descomunais, em termos populacionais, mas com reduzidas competências reais e parcos recursos financeiros.

Continuar... Juntas de Freguesia: repensar ou acabar?