15 -November -2018
Adicionar aos Favoritos

Ninguém escolhe a depressão

A depressão não é um sinal de fraqueza, nem um estado de espírito que passa; é uma forma de dano cerebral que é transversal a todas as camadas sociais; é uma perturbação do estado do humor que atinge a esfera da capacidade cognitiva, dos interesses, da vontade, dos desejos e da regulação dos instintos. Portugal tem a taxa de depressão mais elevada na Europa e a segunda no mundo afetando mais de 400 mil portugueses.

Continuar... Ninguém escolhe a depressão

Eles comem tudo e não deixam nada!

O argumento utilizado pela governação, para não construir obras importantes e estruturantes nalgumas localidades é que o país está em crise. Tem sido este o argumento esfarrapado do poder central, mas a verdade é que não há vontade política para serem efetuadas essas obras há muito prometidas, só porque não se localizam na capital. Apenas isso!

Continuar... Eles comem tudo e não deixam nada!

Trofismo

Uma palavra é inexistente até ter sido utilizada pela primeira vez, mas a partir do momento em que a palavra foi utilizada na fala ou na escrita, nesse momento a palavra passa a existir, embora possa não ter consistência linguística para entrar no dicionário. A competência para a elaboração e publicação do Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa é da Academia de Ciências de Lisboa.

Continuar... Trofismo

O isolamento social e a solidão matam

As pessoas com uma rede social de apoio frágil têm tendência a ter piores hábitos de saúde, a terem menos propensão para o tratamento, a terem mais problemas de saúde, a serem mais afetadas pelo stresse, que as empurra para uma solidão que piora a saúde. O isolamento social e a solidão estão associadas ao acidente vascular cerebral, à doença valvular cardíaca, à doença cardíaca isquémica, à arritmia e à insuficiência cardíaca.

Continuar... O isolamento social e a solidão matam

O fascinante mundo do nosso cérebro

A neurociência é uma área do conhecimento muito recente que estuda o sistema nervoso. A capacidade de estudar o órgão que nos compreende tem levado a investigação científica para o caminho do saber sobre o que motiva os nossos pensamentos, os nossos comportamentos e as nossas decisões.

Continuar... O fascinante mundo do nosso cérebro