24 -January -2019
Adicionar aos Favoritos

Concelho da Trofa 20 anos: foi bonita a festa, pá!

As comemorações do 20º aniversário da criação do Concelho da Trofa tiveram um brilho e uma beleza muito especial. Além de terem sido organizados, ao longo de cinco dias, quase duas dúzias de eventos muito diversificados, também houve a feliz ideia de três desses eventos terem sido descentralizados, na Freguesia do Muro: Autarcas vão à Escola; Tertúlia “A criação do Concelho da Trofa e a Missa Solene de Aniversário. 

Tenha sido uma feliz ideia ou uma feliz coincidência, o certo é que foi na Freguesia do Muro que esteve instalada, a única sede que a Comissão Promotora do Concelho da Trofa teve ao longo da sua existência. Talvez por isso é que esta freguesia recebeu este ano três eventos das comemorações do 20º aniversário.  

A Sessão Solene das comemorações, realizada no Fórum Trofa XXI, foi abrilhantada pelo Coro dos Meninos Cantores do Município da Trofa, superiormente dirigido pela Maestrina Antónia Maria Serra. A sessão teve a presença de dois Secretários de Estado, um deles em representação do Primeiro-Ministro. Também marcou presença o Presidente da Associação Nacional de Municípios Portugueses. Foram estes ilustres convidados, conjuntamente com o Presidente do Município, que entregaram aos membros da Comissão Promotora do Concelho da Trofa, as condecorações que foram aprovadas pelo executivo camarário.

 Os membros da Comissão Promotora, dois deles a título póstumo, receberam a MEDALHA DE HONRA DO CONCELHO – GRAU OURO, bem como o título de CIDADÃO HONORÁRIO. Este honroso título foi atribuído, pela primeira vez, pela Câmara Municipal da Trofa. Muitos trofenses proclamaram que foi merecida tal distinção, que só pecou por tardia. 

É minha convicção, que ao repor a verdade histórica da criação do Concelho da Trofa, condecorando os membros da Comissão Executiva, da Comissão Promotora do Concelho da Trofa, o executivo camarário entendeu que era indispensável a reposição da justiça, que há muito tempo era exigida pela grande maioria dos trofenses. Como não se pode enganar toda a gente durante todo o tempo, a Câmara Municipal da Trofa, na pessoa do seu presidente, Sérgio Humberto, quis homenagear e condecorar os “verdadeiros” pais do concelho repondo a verdade histórica. Felizmente!

Sérgio Humberto já tinha tido um gesto de elevada nobreza, no seu primeiro ano de mandato, ao visitar de surpresa e apresentar cumprimentos do executivo municipal aos membros da Comissão Executiva da Comissão Promotora do Concelho da Trofa, que estavam na sua confraternização anual, que sempre fizeram, desde que foi criado o Concelho da Trofa. Foi o único presidente camarário, a ter tão nobre gesto, quer na visita quer na condecoração ao mais alto nível municipal. Os verdadeiros líderes são feitos desta têmpera!

Parafraseando a canção “tanto mar”, que Chico Buarque dedicou à Revolução de Abril de 1974 em Portugal: foi bonita a festa, pá! Sendo eu, um dos homenageados e condecorados, ainda guardo renitente, uma imagem de singeleza, mas de rara beleza, e um mar de emoções maravilhosas, que as comemorações do “Concelho da Trofa 20 anos” me proporcionaram. 

O sonho da criação do Concelho da Trofa realizou-se e não foi fácil, mas valeu a pena. Sem qualquer dúvida!

Crónica escrita em 24/11/2018, para ser publicado no Jornal “O Notícias da Trofa”, tendo em atenção as regras do novo acordo ortográfico.