23 -April -2018
Adicionar aos Favoritos

Mitos que atrapalham o nosso viver

A nossa vida está impregnada de falsas verdades, falácias, ideias feitas, mitos que de verdade têm muito pouco e que atrapalham e complicam o nosso viver. São mitos que cresceram em nós e interferem no nosso quotidiano, para atrapalharem o nosso dia a dia e até complicarem a caminhada em direção a um futuro risonho, em direção à felicidade. 

São mitos da nossa cultura ancestral, embora muitos deles com ares de modernidade, que prejudicam a nossa qualidade de vida. Num livro acabado de dar à estampa e escrito numa linguagem simples, pela jornalista de ciência da revista Visão, Sara Sá e pelo biólogo doutorado em Neurociências, Pedro Ferreira é desmontada uma centena dos mitos mais comuns, que vão da área da saúde, nutrição, sexualidade ou mesmo história.

Abaixo se indicam alguns (poucos) exemplos desses mitos, falsas verdades, falácias, ideias feitas, que se transformam tantas vezes em pedras da calçada por onde caminhamos no nosso viver e tropeçamos tantas vezes. Podem até neutralizar a esperança pintando de cinzento o amanhã.

Fazer sexo é um excelente exercício físico. É uma falácia! Não se deve contar com fazer sexo para perder calorias, pois em termos de gastos de energia, em média, o ato sexual despende apenas mais 14 calorias do que ficar sentado no sofá a ver televisão.

Só usamos apenas 10% do nosso cérebro. É um mito bem antigo! São vários os estudos que demonstram que muitos sistemas neuronais estão continuamente ativos ao longo do dia, em diferentes tipos de tarefas, e obviamente utilizamos bastante mais do que 10% do nosso cérebro.

 É perigoso usar o telemóvel numa bomba de gasolina. É uma falsa verdade! A radiação emitida por um telemóvel é demasiado fraca para desencadear o que quer que seja, mesmo num ambiente inflamável carregado de vapores de gasolina.

O frio provoca constipações. É uma ideia feita sem consistência! Quer a gripe quer a constipação são provocadas por vírus e a exposição ao frio, por si só, não resulta na contração de uma constipação. 

Ler com pouca luz prejudica a visão. É uma falácia! A visão é um sentido muito sofisticado e o olho tem uma enorme capacidade de se adaptar ao meio ambiente. As pupilas dilatam se há pouco luz e voltam a contrair quando aumenta a luminosidade. Os problemas de visão têm origem na morfologia do olho, altamente condicionada pela herança genética.

A nossa vida está cheia de mitos que têm muito pouco de verdade e que acabam até por nos complicar a vida. Neste mundo pós-factos no qual vivemos, o livro Cem Mitos sem Lógica é uma boa escolha para conhecermos, através dos olhos da ciência, muitas mentiras convenientes, que passaram de geração em geração e se instalaram, de pedra e cal, no nosso viver.

Crónica escrita em 17/03/2018, para ser publicado na “BIRD Magazine”, tendo em atenção as regras do novo acordo ortográfico.